Blog

BASSO - Redefinindo a marca

BASSO - Redefinindo a marca
14 de Ago de 2018

Reposicionamento da Marca – Produtos Sustentáveis – BASSO

Desde 2018 a BASSO já está trabalhando no desenvolvimento de todos seus produtos com base nos pilares da Sustentabilidade de acordo com as melhores práticas globais, em constante evolução. Conheça a nova MARCA aqui!

Por ser um assunto novo para o grande público, porém já muito desenvolvido na área acadêmica e especializada, tentaremos sumarizar os princípios que norteiam esse conceito, sendo nossa fonte principal :  https://www.environmentalscience.org/sustainability .

Mas afinal, o que significa SUSTENTABILIDADE?

É o estudo de como os sistemas naturais funcionam, permanecem diversos e produzem tudo o que é necessário para que a ecologia permaneça em equilíbrio. Também reconhece que a civilização humana requer recursos para sustentar nosso modo de vida moderno. A sustentabilidade leva em consideração como podemos viver em harmonia com o mundo natural ao nosso redor, protegendo-o de danos e destruição.

Os três pilares da sustentabilidade

Em 2005, a Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Social identificou três áreas principais que contribuem para a filosofia e as ciências sociais do desenvolvimento sustentável. Devemos considerar o futuro, ao tomar nossas decisões sobre o presente.

  • Desenvolvimento Econômico

Em prol do meio ambiente, controlar o que consumimos é a questão primordial. O desenvolvimento econômico é dar às pessoas o que elas querem, sem comprometer a qualidade de vida, especialmente nos países em desenvolvimento, e reduzir o ônus financeiro e a “burocracia” de fazer a coisa certa.

  • Desenvolvimento Social

Existem muitas facetas nesse pilar. O mais importante é a conscientização e a proteção da legislação da saúde das pessoas contra a poluição e outras atividades prejudiciais de empresas e outras organizações. É também manter o acesso a recursos básicos sem comprometer a qualidade de vida. O elemento final é a educação - incentivando as pessoas a participar da sustentabilidade ambiental e ensinando-as sobre os efeitos da proteção ambiental, bem como alertando sobre os perigos, se não conseguirmos alcançar nossos objetivos.

  • Proteção Ambiental

Todos sabemos o que precisamos fazer para proteger o meio ambiente, seja reciclando, reduzindo nosso consumo de energia desligando os dispositivos eletrônicos em vez de usar o modo de espera, fazendo pequenas viagens em vez de pegar o ônibus. As empresas são regulamentadas para evitar a poluição e manter suas próprias emissões de carbono baixas. Existem incentivos para a instalação de fontes de energia renováveis ​​em nossas casas e empresas. A proteção ambiental é o terceiro pilar e, para muitos, a principal preocupação do futuro da humanidade. Ele define como devemos estudar e proteger os ecossistemas, a qualidade do ar, a integridade e a sustentabilidade de nossos recursos e focando nos elementos que colocam pressão no meio ambiente. Também se preocupa como a tecnologia conduzirá nosso futuro mais verde; a EPA reconheceu que o desenvolvimento de tecnologia e biotecnologia é essencial para essa sustentabilidade e a proteção do meio ambiente do futuro contra possíveis danos que os avanços tecnológicos possam trazer.

Quais são os principais objetivos da sustentabilidade?

A rede profissional de desenvolvimento sustentável pensa, age e trabalha globalmente. Em 2012, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável se reuniu para discutir e desenvolver um conjunto de metas a serem trabalhadas. Apresentou uma lista de 17 itens, que incluíam, entre outras coisas:

  • O fim da pobreza e da fome;
  • Melhores padrões de educação e saúde - particularmente no que diz respeito à qualidade da água e melhor saneamento;
  • Alcançar a igualdade de gênero;
  • Crescimento econômico sustentável, promovendo empregos e economias mais fortes
  • Tudo isso acima e mais ao mesmo tempo em que lida com os efeitos das mudanças climáticas, poluição e outros fatores ambientais que podem prejudicar e prejudicar a saúde, o sustento e a vida das pessoas;
  • Sustentabilidade para incluir a saúde da terra, do ar e do mar.

 

Por fim, reconheceu o conceito de natureza com certos direitos e a importância de colocar as pessoas na vanguarda da resolução dos problemas globais acima mencionados por meio da gestão do meio ambiente e do consumo (por exemplo, redução de embalagens e desencorajar o desperdício de alimentos, bem como promover o uso de materiais recicláveis). (Fonte: https://www.environmentalscience.org/sustainability )

Nesse sentido, a empresa BASSO vem incorporando gradativamente esses tres pilares em seu sistema de gestão, entendendo que é uma jornada que não tem fim, em constante desenvolvimento. 

Isso se traduz diretamente em atitudes práticas que começamos em 2018 e já apresentam resultados mensuráveis que listamos a seguir:

- Desenvolvimento Econômico e Social: atualmente todo a cadeia produtiva de nossos produtos é desenvolvida externamente com uma rede de fornecedores locais, composto em sua totalidade de pequenas empresas certificadas e mão-de-obra também local, fomentando o desenvolvimento econômico e social em suas comunidades, tendo como princípio a proteção do meio-ambiente e desenvolvimento sustentável. Todos insumos são de fabricação local e seguem normas internacionais de produção ambientalmente corretas almejando o estado de arte no uso dos recursos naturais, água, energia, e cada vez maior incorporação de matérias-primas renováveis e recicláveis.

- Proteção Ambiental: Desenvolvimento de fornecedores de matérias-primas cada vez mais sustentáveis e recicláveis. Nesses dois anos, reduzimos a quantidade de produtos desenvolvidos com couro bovino a apenas 8%, substituindo por materiais recicláveis tais como algodão, sintéticos e novos materiais provenientes de reaproveitamento de garrafas PET.

Segundo estimativas anuais de emissões de GEE (gases de efeito estufa) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) do Brasil, a pecuária responde por 14,5% das emissões totais (Fonte: Embrapa.com.br). Sabidamente, gases de efeito estufa tem impacto direto na mudança climática. A redução do uso de couros bovinos é um passo muito importante no caminho da redução da pegada de carbono em nossos produtos.

Destaque para nossa linha ECOSTRAP®, 100% fabricada a partir de um material SINTÉTICO LAMINADO SEM MATERIAS PRIMAS DE ORIGEM ANIMAL, o VEGAN PREMIUM, 100% livre de ftalato, 100% livre de hidrólise e 100% reciclável.

Também destacamos nossos artigos produzidos a partir de sintéticos 100% recicláveis, os quais podem ser moídos ao final de sua vida útil e transformado em outro laminado sintético, ou aproveitado como enchimento de colchões ou tijolos para paredes. Existem diversos estudos para novos aproveitamentos, almejando sempre o reciclo e utilização com menor impacto possível no meio-ambiente. Essa é nossa direção!

Nossa meta e compromisso é tentar atingir 100% de produtos certificados e comprovadamente recicláveis e com o menor impacto possível no meio-ambiente, bem como reduzir ao máximo a pegada de carbono deixada por cada produto em relação a toda sua cadeia produtiva, desde o nascimento da matéria-prima até o reaproveitamento final como nova matéria-prima a partir de seu reciclo. É um esforço de longo prazo, mas que vale a pena!

Que mundo queremos deixar para nossos filhos? Devemos considerar o futuro, ao tomar nossas decisões sobre o presente!

Compartilhar:

Cadastre-se

Cadastre-se para receber as últimas novidades e promoções da Basso Straps

 

Converse no Whats +55 51 3035 7379